cropped-cropped-logo-omar-face-tv-1.png

Categoria:

Consultor lança novo livro e revela as principais novidades do mundo da moda

Consultor lança novo livro e revela as principais novidades do mundo da moda

    Reginaldo Fonseca é Consultor de moda, escritor, fundador e idealizador da Cia Paulista de Moda, é reconhecido como um dos mais renomados profissionais em consultoria, mentoria e direção executiva/artística de eventos e ações de moda em todo o Brasil, possuí mais de três décadas de experiência e expertise no mercado fashion mundial.

  Em meio ao lançamento do seu novo livro, “Além da Moda”, eu entrevistei com exclusividade, o empresário, Reginaldo Fonseca. Na oportunidade o entrevistado detalha o que o motivou a escrever o livro e os aspectos principais da obra.

Quando e como surgiu a ideia de escrever o seu novo livro “Além da Moda”?

R: Quando finalizei o meu segundo livro, chamado “Vivendo e se transformando”, já idealizei o “Além da Moda”, cujo título veio justamente para eu mostrar o que está além do universo fashion, que muitas pessoas não conseguem ter noção.

   – Essa minha terceira obra fala um pouco de vários assuntos que envolvem o segmento da moda e a nossa vida como um todo. Abordei temas como lifestyle e comportamento, a engrenagem para gerar a cadeia produtiva da moda, que é a segunda maior do planeta em geração de empregos, faturamento e tudo mais. Trago realidades que vão muito além de roupas e do que as pessoas conhecem em relação à moda. O resultado é um livro delicioso de ler e ser visto, com um conteúdo rico e ilustrações primorosas, no qual conto um pouco da minha trajetória, dou dicas superimportantes para quem quer e precisa estar na moda, quem quer se conhecer como pessoa e, o mais importante, quem quer brilhar por aí. Afinal, todos nós queremos!

Qual o principal foco do livro e o público-alvo?

 R: O livro “Além da Moda” foi feito, pensado e desenvolvido para falar com todos os públicos: homens e mulheres, não importando a idade, a profissão ou condição financeira. É um livro super objetivo e que fala de moda de uma forma muito natural, levando conhecimento e conteúdo. Portanto, o foco do livro é fazer com que as pessoas tenham uma outra visão e maior entendimento desse mercado, para elas se vestirem de roupas e de si mesmas.

Na obra você trata, dentre outras coisas, da relação entre o autoconhecimento e a maneira como se vestir. Qual a importância do autoconhecimento nesse sentido?

R: Na obra você trata, dentre outras coisas, da relação entre o autoconhecimento e a maneira como se vestir. Qual a importância do autoconhecimento nesse sentido?

No “Além da Moda”, trago muitas dicas motivacionais, porque falar de moda é falar do ser humano. E certamente o autoconhecimento é essencial, pois se a pessoa não se conhece, como é necessário, dificilmente ela vai brilhar ou despertar olhares de alguém no quesito moda. Então, falo não só de autoconhecimento, mas de autoaceitação e autoamor, porque tudo vem de dentro de nós, tudo nasce de dentro. Se eu não estiver interiormente bem, não vou passar uma mensagem positiva, mesmo usando a melhor roupa do mundo. E devemos nos lembrar que nenhuma roupa tem vida: somos nós que damos vida a ela. Você pode entrar em uma loja pequena ou grande, ver uma infinidade de peças de roupas, mas quando colocá-las em seu corpo, você precisa estar bem para transmitir algo bacana. Esse entendimento é fundamental!

Quais os lugares nos quais as pessoas podem encontrar o seu livro “Além da Moda”?

  R: O “Além da Moda” foi publicado pela DVS Editora, mesma empresa que publicou o meu livro anterior. Portanto, a obra já está em quase todas as livrarias do Brasil e, também, em todas as plataformas digitais, como Amazon, Americanas, entre outras. E uma novidade: clicando no Linktree, na bio do meu Instagram, a pessoa terá acesso direto a uma plataforma da qual sou embaixador, chamada Siriuss. Fazendo a compra por lá, a obra será enviada com uma dedicatória exclusiva para quem comprou.

No livro, quais os principais aspectos que você destaca como sendo fundamentais quando o assunto é “novo consumo”, em um mundo pós-pandemia?

  R: O livro traz assuntos importantes que circulam a moda, como sustentabilidade, poluição e o impacto ambiental que o consumo desenfreado pode causar ao nosso planeta. Então, eu trato de um assunto que é o “novo consumo”, ou seja, o consumo consciente. Muitas pessoas acreditam que isso nasceu após a pandemia, mas não é verdade. Esse é um movimento que já vem acontecendo desde a última década. Mais do que um assunto, isso é uma energia!

 – De forma crescente, as pessoas estão consumindo de forma mais consciente. Estão levando para casa aquilo que realmente precisam. Como tudo está baseado em comportamento, a indústria da moda sempre está analisando qual é o novo comportamento das pessoas, o que elas querem e precisam comprar. Por isso, temos esse “novo consumo”, que é comprar com responsabilidade, com critério, e comprar aquilo que realmente será usado. Quando falamos da indústria da moda e dessa engrenagem toda de uma grande cadeia produtiva, temos que ter a preocupação com o meio ambiente e pensar sobre a compra e o descarte de produtos.

  – No “novo consumo”, não significa que as pessoas vão deixar de consumir; talvez elas comprem menos, mas vão comprar com sabedoria. Cada vez mais, elas vão querer saber onde e por quem foi feito o produto, se não tem trabalho escravo por trás, qual foi à matéria-prima utilizada, qual é a proposta daquilo, e vão pensar se o look combina mesmo com a sua personalidade e seu estilo de vida. É por isso que, no livro, eu incentivo as pessoas a se conhecerem melhor, para que tenham entendimento delas mesmas e, assim, comprem somente o que vão usar de verdade.

A pandemia influenciou na nova forma de consumo adotada no momento pelas pessoas? Como?

   R: Acredito que a pandemia influenciou todos os segmentos, todo o mercado, o planeta. Influenciou diretamente os nossos pensamentos, a nossa forma de ver o mundo e as pessoas, e, principalmente, o consumo. Ficamos praticamente dois anos em casa. Não vimos pessoas nem fomos vistos. Mas temos que nos lembrar que o mercado não parou 100%. Muitos continuaram consumindo, porque foram para o mundo digital, que ganhou uma força enorme.

     – As pessoas foram às pequenas reuniões familiares e fizeram inúmeros encontros online. Agora, com a retomada da economia, dos eventos e das festas, e da troca do home office pelo trabalho presencial, tudo isso causa um grande impacto no consumo. Muitas marcas estão rindo à toa, a ponto de não conseguirem produzir o tanto que vendem. Por mais que a gente fale em consumo consciente, isso é normal em um período pós-pandemia, no qual as pessoas saem às ruas com o objetivo de verem o mundo e de serem vistas. Elas querem comprar com mais sabedoria, mas estavam ansiosas para voltar à vida normal, podendo abraçar e comer e beber com amigos. Tudo isso é comportamento!

Afinal, a moda vai muito além da roupa que vestimos? Por quê?

   R: Sim, sem dúvida, vai muito além da roupa. Na realidade, a moda é uma proposta da indústria e o estilo é uma escolha pessoal. É ele que faz a pessoa ser única, diferenciando-a das demais. Através da moda, a gente pode brincar até de mudar de vida. Ela nos permite mostrar quem somos, revelando a nossa essência e jeito de ser. Ao mesmo tempo, a moda pode ser perigosa, porque sempre vamos atrair olhares de quem tem conhecimento no assunto e vai nos criticar; ou de quem não sabe nada de moda e terá uma impressão negativa em relação à nossa personalidade. Por isso, saliento sobre a importância de olhar para dentro de si e, depois, para o espelho, que é nosso grande aliado. Diante dele, não passa nada. O espelho dirá exatamente como você está e qual é a mensagem que vai passar ao mundo.

 – Parte da renda do livro será revertida para o GACC – Vale do Paraíba (Grupo de Assistência à Criança com Câncer) de São José dos Campos/SP. Este valor irá ajudar quantas pessoas e qual a relevância desse projeto para você?

  – Desde 2016, sou voluntário do hospital GACC Vale do Paraíba, situado em São José dos Campos-SP. Junto deles, desenvolvo um trabalho de comunicar sobre a instituição para o Brasil inteiro. Eles têm um trabalho incrivelmente lindo, que trata crianças e jovens com câncer, chegando a quase 600 pacientes atendidos dentro do hospital. Eles salvam vidas o tempo todo e precisam de recursos para continuar mantendo toda aquela estrutura maravilhosa, que mais se parece com um hospital gringo. Então, com o livro “Além da Moda”, a ideia não é somente passar um pouco dos meus royalties ao GACC, e sim mostrar o trabalho deles para todos e, principalmente, para o mundo da moda. Entre modelos e personalidades, já levamos nomes importantes da moda brasileira para dentro do GACC e/ou para suas campanhas, como Arlindo Grund, Isabele Fontana, Amir Slama, Clau Cicala, entre outros. A moda tem um poder absurdo de abrir portas e comunicar. Então, desde o meu livro anterior, divulgo o GACC por onde passo e para onde os livros forem.

Quais as suas considerações finais?

 

 R: Se você leu essa entrevista e despertou o desejo de adquirir o livro “Além da Moda”, posso afirmar que ele vai ajudá-lo tanto na sua forma de se vestir quanto na de se perceber, se entender, se gostar dentro do seu propósito como ser humano, e de passar o melhor da sua imagem. É um livro fantástico, que foi trabalhado sob vários olhares, com o intuito e a preocupação de levar um pouco mais daquilo que você viu até agora sobre moda, para fazer com que você entenda muito mais em relação a tudo o que está além da moda.

Saiba mais sobre Reginaldo Fonseca acessando as suas páginas no Instagram. Clique aqui.

João Costa. Acesse aqui.

Compartilhe na redes sociais

Artigos Relacionados