cropped-cropped-logo-omar-face-tv-1.png

Categoria:

Giovani Dias, diretor executivo da Rádio Felicidade FM+Web, fala sobre sua paixão pela Comunicação

1 – Quem é você, de onde vem e o que faz?

Sou Giovani Dias, o Gio. Hoje sou esposo, pai, músico e diretor executivo da rádio Felicidade+Web, de Novo Hamburgo.

2 – Você iniciou a carreira no ramo empresarial, mas acabou migrando para a Comunicação. Como isso aconteceu?

Após muitos anos prestando serviço para a indústria calçadista, percebi que já não estava feliz. Foi então que, após um período sabático, recebi o convite de um amigo, na época gestor de um grande veículo de Comunicação, para iniciar um trabalho na área comercial da rádio ABC do Grupo Sinos. Acabei me apaixonando pela Comunicação e hoje realizo meu trabalho com plena satisfação. Encontrei-me novamente.

3 – Você acredita que ter conhecimento nestas duas áreas pode ser um diferencial?

Na indústria aprendi a me comunicar, foi neste período que sofri derrotas (muitas) e vitórias que me fizeram crescer como profissional e, com certeza, como ser humano. Não entendo como diferencial, mas como potencializador para superar com clareza e paciência os desafios da gestão.

4 – Em janeiro, você assumiu como diretor executivo da Rádio Felicidade FM+Web. Como tem sido o trabalho até aqui?

Meu processo de gestão na rádio Felicidade iniciou em 2020. Algumas noites sem dormir em busca de acelerar meu desenvolvimento foi o que me fez chegar a esse momento, onde assumi a Direção Executiva.

A rádio Felicidade 90.3 FM+Web é uma das grandes emissoras de radiodifusão do Rio Grande do Sul, então temos constantes obstáculos para manter ela crescendo e cada vez mais sustentável. Não foi fácil e acredito que nunca será, mas me sinto pronto. Contudo, também preciso pontuar que o exponencial crescimento da rádio Felicidade, nos últimos dois anos, é fruto do trabalho de uma equipe extremamente comprometida e com objetivos alinhados.

5 – Quais são os seus planos para daqui a cinco anos?

São muitos, mas o principal é poder olhar para trás e enxergar uma trajetória onde consegui ajudar as pessoas que estiveram comigo nesse período, e ver que fui importante. Para que elas, assim como eu, tenham encontrado seus propósitos na vida. A Comunicação é feita por pessoas.

Compartilhe na redes sociais

Artigos Relacionados