cropped-cropped-logo-omar-face-tv-1.png

Categoria:

Especialista em marketing digital, Alex Vargas revela efeitos no cérebro

O especialista em marketing digital Alex Vargas revela como o mercado explora defeitos do nosso cérebro para alavancar vendas e impulsionar conteúdo.

Saber como o cérebro funciona e conseguir assim explorar os seus defeitos é fundamental no marketing digital. Não é à toa que todas as técnicas de alavancagem de vendas e impulsionamento de conteúdo se utilizam das mesmas táticas, baseadas em estudos de neurologia e psicologia combinadas ao marketing.

Segundo o especialista em marketing digital e mentor Alex Vargas, esse conhecimento é acessível e pode ser usado a favor de suas estratégias de vendas. “Após se aprofundar no assunto, estudando o assunto a sério, você chega à conclusão de que pode e deve aproveitar essas “falhas”, principalmente na página de venda do seu produto, pois é ali que o cérebro está em “ebulição” pra descarregar milhares de hormônios para que aquela pessoa que vê o seu anúncio realize a compra”, pontua.

Alex Vargas revela os 4 principais defeitos do nosso cérebro que são explorados pelo marketing digital. Confira:

1 – Nao lidar bem com muita informação

O nosso cérebro nao lida bem quando é bombardeado com muitas informações aparentemente conflitantes, como mudança de padrão, de história e repetição. Por isso, muitas pecas publicitarias adotam esse ritmo e estratégia em sua narrativa para confundir o cérebro e induzir à tomada de decisão imediata, sem pensar muito.

2 – Nao gosta de não ter resposta

Nosso cérebro nao gosta de ficar sem respostas. Por isso, ele completa pedaços de informação com preconceitos, explicações simplistas e crenças pessoais. Tudo aquilo que a mente nao encontra uma resposta, ela tende a criar uma.

3- Nao tem tempo para tomar decisões

Justamente por não gostar de perder tempo para tomar decisões, o nosso cérebro valoriza provas sociais e é induzido por limitação de opções e movimentos da grande massa.

4- Nao lembra de quase nada

O tempo inteiro o cérebro usa de memória seletiva e economiza espaço de armazenamento utilizando-se de exemplos, imagens e criando historias. Por isso, as campanhas publicitárias são pensadas de maneira a projetar uma imagem ou slogan forte que fique marcado na mente das pessoas.

Compartilhe na redes sociais

Artigos Relacionados