Categoria:

Especialista revela os segredos da reflexologia e da terapia integrativa

Especialista revela os segredos da reflexologia e da terapia integrativa

 

Claudia Rosane dos Santos, é CEO da Academia Brasileira de Reflexologia e “Best Flower” Florais, possui formação em Secretariado e Marketing, tem Pós-graduação em Saúde Integrativa, Biofísica e Psicossomática, Pesquisadora, Palestrante e professora de Reflexologia Podal, Facial e Corporal e de Terapias Biofísicas.

  Dada a premente necessidade de se discutir a importância da Reflexologia e da Saúde Integrativa, que entrevistei a pesquisadora e especialista no assunto, Claudia Rosane dos Santos.   

Você atua na área de saúde integrativa há 14 anos. O que é saúde integrativa e a área é voltada para atendimento de qual nicho de pessoas?

   R: É um novo conceito utilizado por profissionais da saúde que visa uma abordagem sistêmica do paciente, com olhar para o indivíduo, como um todo. Não levando em consideração somente os sintomas, mas o foco é chegar na causa desses sintomas. São levados em conta, não só os fatores físicos, mas o fator mental e emocional. Avalia-se também a forma do indivíduo se comportar no meio em que vive.

 –  Leva-se em consideração a qualidade do sono, alimentos compatíveis, qualidade da água utilizada, gerenciamento do estresse, equilíbrio hormonal, lazer, exercícios compatíveis a sua genética, oligoelementos, saúde mental, exposição a poluição eletromagnética, toxinas vindas de metais tóxicos, parasitas, poluição eletromagnética etc.

 –  É uma abordagem mais holística, (que vem do grego “holos”, que significa inteiro) que utiliza de técnicas da medicina convencional (alopática) a terapias milenares, não convencionais, como a medicina chinesa, ayurvédica, medicina quântica, aliado a conhecimentos modernos e atuais de bioquímica, fisiologia, metabolismo etc.

Você relata a necessidade de ter adentrado a saúde integrativa por conta de seu filho. Conte um pouco sobre sua experiência.

   R: Meu filho teve hipoxia uterina o que gerou o quadro. Logo. foi diagnosticado com hipotonia global e não respondia a estímulos. Teve dificuldade de sucção na amamentação, atraso neuromotor em todos os aspectos. Entre idas e vindas, a todas as especialidades médicas, chegou-se à conclusão que era melhor eu me conformar pois ele não seria uma criança “normal” como as outras. Fez todos os tratamentos convencionais possíveis e disponíveis, na época. Ao longo do tratamento recebeu outro diagnóstico, de autismo. Não interagia, tinha dificuldade de concentração e aprendizado, não tinha noção de espaço e localização, além das debilidades físicas.

 – Como nunca “aceitei” o fato de que eu teria que me conformar com o quadro dele, fui em busca de mais opções de tratamentos. Onde encontrei através da minha família, o tratamento da Reflexologia, que em menos de 6 meses, teve grande resposta neuromotora, melhorando a coordenação da marcha, fala, interação e aprendizado.

 –  Os tratamentos convencionais, que eram em média, todos 3x na semana, puderam ser espaçados até a alta de todos eles. Após a Reflexologia, incluí também os florais quânticos que também eram focados no sistema nervoso. A junção da reflexologia e florais quânticos fizeram meu filho dar um salto positivo em todos os aspectos, visto que a base da reflexologia é o sistema nervoso e o problema do meu filho era neurológico, a reflexologia contribuiu consideravelmente.

 –  Assim, depois de um tempo, resolvi também me cuidar com a Reflexologia e insatisfeita com o meu trabalho dentro de uma instituição financeira, resolvi empreender com a reflexologia, a qual estou até hoje.

O que é a empresa “Best Flower”?

  R:  A Best Flower, é uma empresa no segmento de florais frequênciais, que nasceu em março de 2021, idealizada por dois estudiosos na área da saúde integrativa e o objetivo é de levar ao seu público um novo conceito em terapia frequêncial vibracional.

 –  Levamos em conta o princípio da medicina integrativa: o olhar sistêmico, onde nossos florais, não estão focados em tratar sintomas e sim atuar no terreno biológico, que é base para saúde.

 – Onde há um terreno limpo, haverá equilíbrio dos sistemas do corpo e assim, o indivíduo estará saudável. Nós focamos no equilíbrio. Nenhuma doença se instala repentinamente, antes de tudo, o corpo entrou em desequilíbrio, e esse desequilíbrio gerou sintomas efeito bola de neve e então se instalou a doença.

 – A “Best Flower” atua em 2 segmentos: linha Humana, que se divide entre cuidados gerais e odontológicos e Linha Pet, pois também acreditamos que havendo equilíbrio no meio que se vive, teremos saúde. E hoje a interação entre homem e animal é muito forte.  Focamos no cuidado de toda a família.

O que é reflexologia e para que serve?

  R:  A Reflexologia é uma técnica terapêutica, por isso precisa ser estudada e entendida, visto que é baseada em estudos neurológicos. Não invasiva e não medicamentosa, baseada no mecanismo das doenças (fisiopatologia) que tem por objetivo restabelecer o equilíbrio (homeostase) físico e emocional, do indivíduo, identificando, tratando e prevenindo distúrbios através de estímulos em terminações nervosas em pontos específicos localizados nos pés, mãos, face, orelhas, coluna, tronco.

 – É uma poderosa ferramenta aplicada isoladamente ou potencializando outros métodos terapêuticos.

  – Tem obtido enormes resultados por muitos profissionais que trabalham pelo bem-estar físico e emocional dos seus pacientes.  É a “Mais Antiga e Natural de Todas as Terapias”.

   –  Não somos médicos e não temos o poder da cura, mas a reflexologia trata as pessoas com os seus próprios recursos biológicos (neurológicos, endócrinos, estruturais), sem invasão (cirurgia, agulhas etc.) e sem medicação (alopática, fitoterápica etc.).

Você abriu uma escola de reflexologia e de fitoterápicos (terapias integrativas). Quais os motivos que a levaram a empreender nos respectivos segmentos?

    R: Em primeiro lugar, por ter me beneficiado desses tratamentos para meus filhos e depois para minha pessoa que trabalhava demais e vivia estressada, consequentemente doente. Tinha um medo grande em perder meu emprego devido ao plano de saúde para cuidar dos meus filhos. Por isso me “dedicava” demais a empresa.

  –  Em segundo lugar, resolvi então conhecer mais de perto as técnicas pois percebia que poderia também ajudar muitas pessoas, assim como fui ajudada. Estudei e logo comecei a aplicar na minha família e conhecidos. Me identifiquei demais e a procura começou a aumentar. Estava “insatisfeita” na época com a empresa, pois trabalhava demais, ganhava pouco em relação as minhas preocupações e responsabilidades, mas depois percebi que eu quem deveria mudar e não esperar isso da empresa.

  –  Durante 6 meses atendi em domicílio, depois montei minha sala de atendimento. Como era algo que eu amava fazer, me dediquei, comecei a estudar e pesquisar bastante. Como eu tinha facilidade de comunicação e tinha experiencia em ensinar, vi que eu poderia expandir esse conhecimento a mais pessoas. O nicho da reflexologia tinha tudo para crescer pois era algo novo no Brasil e as pessoas não conheciam. Eis aí o desafio.

 -Trabalhar com algo novo e muito diferente de tudo que existia em terapias. Minhas pesquisas foram avançando e então me senti preparada para montar uma escola para expandir essa técnica. Resolvi empreender no ramo das terapias integrativas. Hoje, já são 14 anos de terapeuta e 9 anos de escola. Iniciei a escola com a técnica da Reflexologia, me tornei então palestrante, depois investi em terapia Frequêncial e outras técnicas para expandir essas técnicas. Daí então agora surgiu a Best Flower, conforme citei acima. Nesse meio tempo, busquei outras técnicas que pudessem agregar ao meu trabalho e inclui na minha clínica e escola.

  –  Hoje, tenho 4 segmentos que embora separados estão interligados: clínica com reflexologia e terapias biofísicas, escola de reflexologia e terapias integrativas, loja de produtos e tecnologias biofísicas e a mais nova que é uma indústria de frequênciais florais.

  –  Foi um caminho sem volta que embora continue trabalhando bastante, como lá no passado, no meu trabalho formal, é muito satisfatório e já pude ajudar até o momento mais de 10 mil pessoas a se encontrarem e essas ajudarem mais e mais pessoas.

No momento há alguma outra área na qual você esteja atuando ou possui planos?

  R:  Agreguei o que eu identifiquei que poderia ajudar, no meu trabalho, sem perder o foco da minha atividade principal que é Reflexologia. O que mais se aproximou foram as terapias e tecnologias Biofísicas. Acredito no conceito do menos é mais. Nunca gostei se atirar para todo lado, isso mostra insegurança e falta de foco. Como estudo e pesquiso bastante, hoje posso dizer que meus pacientes e alunos estão bem atendidos dentro da minha possibilidade de atuação.

Quais as suas perspectivas futuras?

 R: Conseguir expandir ao maior número de pessoas, a corrente do bem. Ainda somos poucos profissionais com essa visão e com o objetivo em ajudar ao próximo e que o dinheiro venha como consequência. Devido a oferta ainda ser pouca, de profissionais capacitados na área integrativa, que de fato sejam altruístas e não só com o foco no dinheiro. Ele é importante, mas ele deve vir como consequência e não como prioridade.

 – Posso dizer que essa é minha perspectiva ajudar a expandir a idéia do verdadeiro altruísmo, foco nas pessoas e não na doença dela. Que todos tenham acesso a busca do equilíbrio de forma cientifica, segura e acessível financeiramente.

 – “A ABR & Best Flower” estão no mercado da terapia Integrativa com esse foco. O conceito da nossa marca é esse: você não pode recuperar sua saúde sofrendo para resgatá-la. E hoje vejo muitas pessoas gastando tudo que ganharam ao longo da sua vida para recuperá-la. O meu trabalho, estudos, pesquisas etc tem um preço sim, mas eu não quero enriquecer sabendo que empobreci alguém para isso. É o que eu penso!

Instagram@joaocostaooficial

Compartilhe na redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Artigos Relacionados

paty

Advogada previdenciária Patrícia Evangelista

           Advogada previdenciária Patrícia Evangelista analisa reformas previdenciárias realizadas pelos municípios brasileiros Os municípios brasileiros estão aprovando uma série de mudanças nas regras previdenciárias. As alterações

Leia mais »