Categoria:

Embaixatriz do Gabão, fala com exclusividade, sobre o projeto de cooperação social entre o Gabão e o Brasil

Embaixatriz do Gabão, fala com exclusividade, sobre o projeto de cooperação social entre o Gabão e o Brasil

 JuLie-pascale Moudoute-Bell é Embaixatriz do Gabão no Brasil, é casada com Embaixador Jacques Michel Moudoute-Bell. Ambos residem no Brasil desde final de 2015 e realizam trabalhos voluntários no Distrito Federal e nas cidades do entorno.

  Em meio a pandemia, incertezas e desigualdades sociais, Brasil e Gabão lançam projeto de cooperação social em prol do povo gabonês, em especial as mulheres gabonesas para a aquisição de cadeiras de rodas e de banho. Foi pensando nisso que eu entrevistei com exclusividade, a Senhora, Embaixatriz JuLie-pascale Moudoute-Bell.

 

Como e quando nasceu o projeto de cooperação social entre o Gabão e o Brasil?

    Senhora Embaixatriz JuLie-pascale Moudoute-Bell – Desde a minha chegada e do Senhor Embaixador Jacques Michel MOUDOUTE-BELL ao Brasil, em 2015, nós nos dedicamos a participar de diversas ações sociais no Distrito Federal e entorno. Nesse sentido, a Embaixada do Gabão no Brasil começou a fazer suas próprias ações sociais para ajudar instituições específicas ao longo do ano de duração do projeto. Fizemos os projetos com a Escola Classe 21 de Taguatinga e o Instituto Pestalozzi de Brasília, dentre outros. Todos os projetos foram realizados com o apoio de doadores, voluntários e parceiros. Com o início da Pandemia em 2020, infelizmente, não fizemos a Ação Social naquele ano, porém participamos de outras pequenas ações ao longo do ano.

 – Para o ano de 2021, os “Amigos do Gabão”, sugeriram fazer a Ação Social na forma de Cooperação Social, e decidiu-se, dessa vez, pela “Fundação Sylvia Bongo ONDIMBA”, projeto da Senhora Primeira-Dama do Gabão. Dentre vários projetos realizados pela Fundação, para a comunidade gabonesa, notou-se à necessidade de prestar apoio às pessoas com dificuldades de mobilidade, e assim facilitar a vida dessas pessoas dando mais independência para trabalhar e levar o sustento para suas famílias. Assim, iniciamos o Projeto de Cooperação Social entre os países irmãos Gabão-Brasil, do qual estou admirada com a solidariedade de todos em nos ajudar a arrecadar as cadeiras de rodas.

Qual a relevância da realização dessa segunda edição do leilão beneficente, que se dará no dia 29 de julho?

   Senhora Embaixatriz JuLie-pascale Moudoute-Bell – Como estamos no momento de pandemia, não conseguimos realizar muitos eventos presenciais para arrecadar o montante necessário e adquirir as cadeiras de rodas. Com o objetivo de repetir o sucesso da primeira edição, que ocorreu em junho passado, a segunda edição do Leilão Beneficente será o último evento que faremos para que possamos agilizar o envio das cadeiras ao Gabão. Queremos fechar essa campanha com chave de ouro e estamos contanto, mais uma vez, com o êxito do evento e alcançar a meta proposta que é de arrecadar 500 cadeiras de rodas e de banho.

Qual a finalidade da parceria entre o Instituto Dana Salomão e o Gabão?

     Senhora Embaixatriz JuLie-pascale Moudoute-Bell – É sabido que o Instituto Dana Salomão desenvolve diversos e importantes trabalhos sociais no Distrito Federal, ajudando uma parte da população que está à margem da sociedade. Logo, é uma parceria que muito pode nos ajudar a expandir os projetos sociais, está sendo um importante parceiro nesse nosso Projeto Social do Gabão, e a finalidade dessa parceria é fortalecer os laços, pois, como cidadãos do mundo, nosso objetivo é fazer com que os projetos sociais atravessem as fronteiras. Nossos países precisam de auxílio na parte social, logo, estreitar importantes parcerias podem trazer muitos benefícios para ambos os países.

 

Quais as perspectivas da senhora, em relação a 2° edição do leilão beneficente?

    Senhora Embaixatriz JuLie-pascale Moudoute-Bell –  A perspectiva é de arrecadar o máximo possível, leiloando todos os itens (doados pelos parceiros) e com a arrecadação atingir a meta de adquirir 500 (quinhentas) cadeiras de rodas e de banho. O evento está sendo organizado com muito carinho e dedicação e com o importante apoio do Comitê Organizador. Será um evento descontraído e realizado com todas as medidas de proteção à saúde e distanciamento social para o combate à disseminação do novo Coronavírus.

 Como se dá o processo de escolha das mulheres gabonesas para a aquisição das cadeiras de rodas?

 Senhora Embaixatriz JuLie-pascale Moudoute-Bell – A “Fundação Sylvia Bongo Ondimba” é uma instituição que tem o foco na assistência social e se destina ao atendimento de famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social. A Fundação faz uma pesquisa para diagnosticar as pessoas que necessitam de assistência. Após essa pesquisa, elas são cadastradas e ficam num banco de dados. Então essas pessoas, no caso mulheres com dificuldade de se locomover, que foram cadastradas, pela Fundação, serão beneficiadas com a doação das cadeiras.

Existe algum outro meio, site, telefone no qual, as pessoas possam contribuir com o projeto da compra de cadeiras de rodas e demais ações sociais no Gabão?

   Senhora Embaixatriz JuLie-pascale Moudoute-Bell – As pessoas que preferirem contribuir, doando qualquer valor em dinheiro, podem colaborar por meio de:

Conta Corrente: 22891-6 Agência: 4460 Operação: 0001 Caixa Econômica Federal,

ou pelo PIX: 61 99989-9753.  Em nome de Raimunda Carvalho

Caso queiram doar a cadeira de rodas, podem adquirir diretamente com a empresa fornecedora. CDS ART DE PLAST E METAL LTDA PIX: 67.065.110/0001-02 (CNPJ) Banco Itaú Unibanco Telefone: (011) 2051-7306 e 2052-0440 

O comprovante deverá ser enviado para o WhatsApp (61) 99989-9753.

Quais as considerações finais da senhora?

   Senhora Embaixatriz JuLie-pascale Moudoute-Bell – Gostaria de agradecer a oportunidade de divulgar nossas Ações Sociais e em especial esse Projeto. É muito gratificante trabalhar com tantas pessoas dedicadas e generosas. Fico muito grata de que, agora possamos promover essa Cooperação entre nossos países que têm mútuo respeito e estão ligados por laços fraternos. Esse projeto é de extrema importância para nós da diplomacia gabonesa no Brasil, pois a partir da solidariedade de todos, aqui no Brasil, estamos tendo a oportunidade de ajudar o povo gabonês.

Instagram@joaocostaooficial

João Costa

Compartilhe na redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Artigos Relacionados